Pratico e dou aulas de aikido há cerca de 20 anos. Se você não conhece, trata-se de uma arte marcial japonesa baseada não apenas no combate, mas principalmente na resolução de conflitos. Além de ser uma excelente câmara de descompressão para o dia-a-dia, as situações que o aikido me oferece funcionam como uma ótima metáfora para a vida, gerando reflexão e insights. 

Leio de tudo (ou quase), mas de uns anos pra cá o que mais gosto são as biografias. O som está quase sempre ligado (classic rock, jazz, blues e mpb - geralmente nessa ordem). Corro, nado e pedalo sem grandes pretensões. Gosto de viajar, de fotografia e de gastronomia. Tento cozinhar, mas sempre erro no sal - e quando acerto, nunca há testemunhas. Adoro cinema e séries de TV.

Tenho 40 anos, sou casado e pai da Nina.